O NUTRICIONISTA E SEU PAPEL EM INSTITUIÇÕES DE REDE PRIVADA DE ENSINO

O NUTRICIONISTA E SEU PAPEL EM INSTITUIÇÕES DE REDE PRIVADA DE ENSINO

A atuação do nutricionista na Alimentação Escolar Privada está normatizada pela Resolução CFN nº 600/2018:

I. ÁREA DE NUTRIÇÃO EM ALIMENTAÇÃO COLETIVA,

A.2. Segmento – Alimentação e Nutrição no Ambiente Escolar.

A.2.2. Subsegmento – Alimentação e Nutrição no Ambiente Escolar – Rede Privada de Ensino:

Atuando conforme as atribuições que constam nas resoluções, o Nutricionista garante maior segurança alimentar e nutricional, pois participa ativamente do planejamento e oferta de refeições nutricionalmente equilibradas e sanitariamente seguras ao aluno favorecendo o seu crescimento e o desenvolvimento. 

O Profissional que pretende atuar nessa área deve possuir habilidades e conhecimentos técnicos consolidados em 3 áreas distintas e de igual importância:

  1. Gestão do Serviço de Alimentação: que compreende: Confecção de Fichas Técnicas e Valor Nutricional de Cardápios, Gestão da Equipe, Gestão de Compras e Fornecedores, Gestão de Estoque e etc.;
  2. Segurança de Alimentos: Implantação e Implementação do Manual de Boas Práticas, Capacitação da Equipe, Auditorias, Implantação e Implementação do Manual de Boas Práticas e POPS;
  3. Nutrição Infantil: Calcular cardápios de acordo com as necessidades nutricionais por faixa etária, avaliação, diagnóstico e monitoramento nutricional do escolar, identificar escolares ou estudantes com doenças e deficiências associadas à nutrição, desenvolver projetos de educação alimentar e nutricional.

Mas por onde começar?

                Em primeiro lugar é necessário analisar o número de alunos atendidos e ajustar a carga horária de atendimento conforme os parâmetros numéricos referido na Resolução CFN nº 600/2018.

Feito isso é necessário conhecer a escola, professores, funcionários, rotinas, necessidades, recursos, estrutura física, aplicar um check list, elaborar um plano e ação, estabelecer cronograma das atividades e apresentar para direção.

http://www.crn3.org.br/uploads/BaseArquivos/2019_11_06/CRN3-0016-FOLDER_ESCOLAS_2017-27-03-2017-5-1-AF_OK_bx.pdf

O Nutricionista também pode agregar valor aos serviços oferecidos na escola, oportunizar a construção de conhecimentos e desenvolver projetos, garantindo alimentação adequada às suas necessidades, de forma a promover hábitos saudáveis. “A médio e longo prazo, o Nutricionista é capaz de desenvolver e realizar ações em parceria com os professores, diretores de escola, pais e comunidade escolar, de Educação Alimentar e Nutricional nas escolas que contemplem a consciência social, ecológica e ambiental”, diz a nutricionista Jeanice Aguiar, também conselheira do CRN-3.


Para maiores informações, entre em contato: https://linktr.ee/consunutri

0 comentários

Deixe uma resposta

Se inscreva para receber nossas novidades!

Envie via WhatsApp